Se você esta buscando a paz interior, então você precisa saber destes cinco pontos que vão lhe ajudar a chegar lá.

1 – Pare com as incomodidades

Todas as coisas que temos contato e que por alguma razão nos incomodam, todas elas, exceto uma que vou falar mais tarde, fazem com que percamos nossa paz interior. 

Se algo esta me incomodando é porque de alguma forma esta situação, pessoa ou cenário esta “sugando minha energia” e quando isso acontece você deixa de dar atenção para você mesmo e para seus objetivos.

A incomodidade é um sinal de que algo esta mal, que sua paz interna esta sendo abalada.

O que geralmente a maioria das pessoas tenta fazer nesses casos é fingir que isso não esta acontecendo, porém essa é a pior coisa que você pode fazer, pois você estará permitindo que sua energia seja “sugada” e mente para si mesmo que esta tudo bem, quando você sabe que não esta.

Então aqui vai uma dica, pare imediatamente com a incomodidade, primeiro identifique de onde ela vem, pode ser de uma pessoa que fala coisas que você não quer ouvir, seja grosserias, fofocas ou simplesmente coisas que não faz sentido para você. Ou até mesmo por você não gostar dessa pessoa e esta tudo bem.

As vezes não vamos com a cara de uma pessoa porque as frequências energéticas são distintas e esta tudo bem.

Se a incomodidade vier de um cenário, você irá perceber a diferença logo que entrar nele ou pouco tempo depois, algumas pessoas são mais sensíveis a essa percepção que outras.

Neste caso a dica é sair deste espaço, vale dar uma desculpa tola e dar um jeito de ir a outro lugar para conseguir o que estava buscando.

Se for um situação que esta te incomodando, pois de um fim a ela ou busque ajuda para que possa eliminar esse mal estar. O problema é manter essa incomodidade ali drenando sua energia, resolva a situação da melhor forma possível e devolva a chance de retomar sua paz interna.

… Como falei no inicio existe uma exceção, existe um tipo de incomodidade que não se pode livrar tão facilmente, são aquelas que você já tentou de diversas formas e parece que de alguma forma ela ainda permanece ligada a você.

Nesses casos pode ser um Karma, algo que esteja ligado a você na condição de te gerar um aprendizado.

Quando isso acontecer, não é algo ruim, se olharmos para esse fato que nos incomoda e que não estamos conseguindo eliminar, com a seguinte pergunta:  “O que eu preciso aprender com isso?”

O fim deste Karma está relacionado com a resposta dessa pergunta, quando aprender o que precisa, essa incomodidade se dissolverá.

O segredo neste caso é olhar o fato com uma visão de que este karma esta sendo uma escola, onde você esta aprendendo algo e desenvolvendo seu ser. Se mantiver essa visão entusiasta de aprender com isso, a incomodidade passará a ser uma intrigante estória que fará parte do seu desenvolvimento.

Aprender com o Karma, de forma alegre e agradecida por estar limpando irregularidades em seu espirito em desenvolvimento, é a melhor forma de fazer essa jornada.

Lembre-se, o segredo esta no aprendizado, quando ele chegar a você, quer dizer que o Karma cumpriu seu papel e já não precisa mais existir, assim dando passe livre para sua paz interna.

2 – Descubra as coisas que ama fazer

Agora que já não esta mais perdendo energia, chegou o momento de potencializar as coisas que lhe trazem felicidade, alegria, amor ou serenidade.

Encontre as coisas que você ama fazer.

Importante lembrar que as coisas que você ama, não necessariamente estão ligadas as coisas que você gosta de fazer.

Porque o que gosta pode estar relacionado a um prazer psicológico ou físico que satisfaz momentaneamente seu desejo, trazendo uma sensação agradável, porém isso ainda não é paz interior, e sim um prazer temporal.

Os prazeres temporais podem trazer satisfação momentânea, mas se você continuar a consumir aquilo se tornará uma dor.

Por exemplo se eu adoro sorvete, e ao comer um sorvete sinto um prazer adorável, logo se eu comer o segundo, terceiro, quarto, quinto, vai chegar um momento que ele vai ser uma dor.

Não estou dizendo que é ruim realizar os desejos e prazeres, somente quero esclarecer que eles não são nosso objetivo para alcançar a paz interior.

Agora mais claro, então podemos buscar as coisas que amamos fazer, uma forma de identificar essas coisas, é a percepção do seu estado.

Você pode fazer um comparativo, de como você estava quando começou a fazer esta atividade por exemplo, e como está quando terminou. Se estiver se sentindo melhor este é um bom indicativo de algo que te faz bem ou que você ame fazer.

Neste caso também podem ser pessoas, cenários ou situações. Por exemplo eu adoro conversar com meu Coach ele me faz sentir melhor.

Também pode ser fazer pinturas, quando termino uma pintura por exemplo me sinto muito melhor do que quando comecei.

Ou pode ser um local, por exemplo eu adoro ir ao sitio e estar rodeado de natureza.

E você pode analisar que nestes casos eu posso aumentar a dose que não me trará dor, somente será um continuo aumento da sensação de bem estar.

Uma dica é fazer uma lista das 10 coisas que você mais ama fazer, e daqui em diante dar mais atenção a elas em sua vida.

3 – Limpe seu campo emocional

Busque por terapias que iram lhe ajudar a limpar seu campo emocional, para que você possa permanecer sentado em sua paz interior sem interferências de distúrbios emocionais. 

Estes distúrbios geralmente existem devido a nossa criação de infância.

São eles medos, angustias, invejas, dramas que não nos deixam em paz literalmente. Essas emoções internas não há como fugir, onde você vá elas estarão com você.

Então a melhor forma é tratar até retirar tudo e deixar seu campo emocional limpinho para reinar a paz interior.

As terapias voltadas para o campo emocional podem levar anos, meses, ou dias, vai depender de quanta limpeza você necessita e quanta entrega se dá a cada processo terapêutico. Quanto mais você se entrega, mais profundo consegue limpar.

As vezes os traumas de infância marcaram profundo e precisa bastante dedicação até sanar completamente.

O ideal é curarmos todos nossos traumas, para assim ter um ambiente emocional gostoso, que nós mesmos possamos gostar de estar conosco, de estar morar em nosso peito guardado por bons sentimentos.

Curar os traumas aqui é algo primordial, pois só assim vamos poder conviver com nosso interior de forma pacifica.

Para pessoas que tiveram uma criação menos traumática pode ser bem mais rápido este processo, ou talvez nem seja necessário, é bastante raro, mas pode existir.

4 – Limpe sua Mente

Neste estágio, você já estará alcançando níveis de paz interior na maior parte do seu tempo. Porém muitas vezes podemos ainda ser tirados de nossa tranquilidade por nossa mente conturbada.

Limpar a mente é uma das tarefas mais desafiantes para os ocidentais, pois crescemos com muita poluição visual.

Somos influenciados visualmente a inúmeras situações, o tempo todo.

No oriente, principalmente em monastérios budistas, eles treinam suas mentes desde criança, durante toda sua vida, com visualizações mentais de emanações divinas, para que quando chegue o momento do desencarne a mente possa seguir a divindade.

A mente é o campo mais próximo ao nosso espirito, ela é quem faz a conexão com o espiritual através do que chamamos de intuição.

Todo segredo para dominar o campo mental esta nas visualizações.

As imagens que você vê diariamente irão construir um ambiente mental em seu campo, e isso é o que vai definir se tens uma mente agradável ou não.

Uma dica é ter somente imagens de paz em sua casa por exemplo, de deidades, mandalas, ou de natureza.

Principalmente na frente da cama, antes de dormir uma imagem que lhe traga muita harmonia para internalizar durante o sono.

Então trate de fazer uma limpeza visual da sua casa, retirando qualquer imagem que não lhe agrade, crie ambientes agradáveis onde você esteja seja no trabalho ou em casa.

Escolha filmes e livros que estimulem sua mente a um espaço de maior paz.

Logo que alcançar um nível de visualização de imagens que lhe trazem paz, alcançará uma qualidade da mente muito maior.

5 – Paz Interior

Agora com esses passos anteriores está pronto para desfrutar completamente da paz interior.

Esta etapa marca o fim do sofrimento e turbulência do ser, e inicio da comunicação com a alma.

Ao alcançar a paz interior, irá sentir uma calmaria, uma serenidade. E dentro deste silêncio é possível ouvir a voz da alma.

Neste nível as pessoas geralmente alcançam saber sua missão de vida, descobrem sua essência e seu maior sonho.


Espero que tenham gostado, deixem seus comentários sobre o que acharam desta postagem e também podem enviar perguntas se tiverem.

Abraços,
Rafael Shitarum.


  • 674
  • 0